segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Ensino superior traz mais chances para entrar no mercado de trabalho

Pessoas menos escolarizadas são as que mais enfrentam o desemprego. 
.

A formação superior continua sendo uma porta de entrada para o mercado de trabalho em diversas profissões. Isso porque aqueles que possuem o diploma universitário sofreram menos com a onda de desemprego em comparação aos que estão abaixo desse nível de qualificação nos últimos dois anos.

De acordo com as estatísticas da Rais (Relação Anual de Informações Sociais) do Ministério do Trabalho, as vagas que exigem o ensino superior aumentou 1,5 % no ano passado, no entanto, até os mais qualificados sentiram a crise econômica por conta dos baixos salários.

As pessoas menos escolarizadas foram os que mais perderam postos de trabalho com maior queda registrada pelos trabalhadores que possuem até a 5ª série, cujas vagas caíram 12,4%. Já para aqueles com ensino fundamental completo o impacto foi de 8,6% e com ensino médio completo de 3,6%.

Com essa comparação fica fácil constatar que o nível escolar é o ponto inicial para se ter mais chances no mercado de trabalho. Por isso, a fim de ajudar a mudar o cenário educacional do país, programas como o Educa Mais Brasil facilita o acesso das pessoas da educação básica ao ensino superior, concedendo bolsas de estudo de até 70% de desconto em diversas instituições particulares.

Pelo programa existem soluções para diversas situações como, por exemplo, quem está fora da idade da idade mínima para concluir o ensino básico pode fazer o EJA. E para o ensino superior o estudante pode optar pelas aulas presenciais ou EAD. As inscrições já estão abertas para 2018 e o interessado pode acessar o site www.educamaisbrasil.com.br.


Ascom – Educa Mais Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua deixando seu comentário.