terça-feira, 10 de outubro de 2017

Educação Superior EAD teve maior crescimento do que a presencial

Mensalidades dos cursos presenciais fazem estudantes desistirem da modalidade.



A procura do educação a distância aumentou no último ano com mais de 20% dos ingressantes no ensino superior. A flexibilidade de horários adequados à rotina, carga horária menor e preços mais baratos são os fatores que interessam os estudantes.

De acordo com a pesquisa do Censo da Educação Superior 2016, a modalidade EAD além de crescer se manteve estável.  Em 2015, eram 2,92 milhões de ingressantes e no ano seguinte foram 2,98 milhões, 2,2% a mais. Já nos cursos presenciais houve um decréscimo de 2015 e 2016 no número de ingressantes de 3,7%.

Um dos fatores que resultou o baixo número de matriculas no ensino superior presencial na rede particular é o custo das mensalidades dos cursos fazendo muitos estudantes classificados e aprovados nos vestibulares, por exemplo, desistirem do sonho de se tornarem profissionais da área pretendida ou buscarem a alternativa da formação a distância.

Com isso, buscando atender estudantes que não tem condições de arcar com o valor integral das mensalidades do ensino superior presencial, o Educa Mais Brasil oportuniza esse acesso oferecendo descontos de até 70% em diversas faculdades parceiras em todo país. Os interessados podem se inscrever pelo site www.educamaisbrasil.com.br para começar a estudar no semestre 2018.1.



Ascom – Educa Mais Brasil   


  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua deixando seu comentário.