segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Cursos Técnicos x Profissionalizantes: qual fazer?

Na hora de escolher um curso rápido para obter uma profissão e entrar no mercado de trabalho vem aquela dúvida: fazer um curso técnico ou profissionalizante? São iguais? Apesar de ambos apresentarem propósitos parecidos, eles possuem algumas diferenças e essa escolha depende do que você necessita.

Normalmente, quem decide por um curso profissionalizante possui certa experiência na área. Esse tipo de curso é utilizado para agregar maior conhecimento na profissão que está sendo exercida e auxiliar no dia a dia do profissional. Já os cursos técnicos costumam abordar os conteúdos de forma que os alunos, independente de possuírem conhecimentos prévios, tenham o mesmo aprendizado.

Os cursos técnicos e profissionalizantes duram de 6 meses a 2 anos e oferecem mais aulas práticas. Conheça as características de cada um deles:


Cursos técnicos

- É obrigatório que o aluno tenha concluído ou estejam cursando o ensino médio para poder ingressar nos cursos. Há três formas de concluir o curso técnico:
•    Concomitante: Quando o aluno cursa o ensino médio e o ensino técnico ao mesmo tempo, porém em instituições diferentes;
•    Integrado: Quando o curso é, ao mesmo tempo, ensino técnico e médio;
•    Subsequente: Quando o aluno ingressa no curso técnico após a conclusão do ensino médio;

- Os cursos técnicos costumam exigir que os alunos concluam uma carga horária mínima de estágio e um trabalho de conclusão de curso, como projeto ou uma pesquisa na área;

- Os cursos técnicos devem ser aprovados pelo MEC. Os alunos formados, além de receberem o certificado com as horas e as disciplinas concluídas, também recebem um diploma que garante a formação técnica.


Cursos profissionalizantes

- Apresentam conteúdos estabelecidos de acordo com o perfil profissional e com as competências requeridas pelo mercado de trabalho;

- Oferecem uma qualificação profissional e têm curta duração;

- Não são catalogados pelo Ministério da Educação (MEC) e não existem pré-requisitos para se inscrever em um curso profissionalizante. Nessa categoria, estão os cursos de formação profissional e os cursos de aprendizagem. Os alunos receberão um certificado constando a carga horária e o tipo de curso realizado, além da assinatura do representante da instituição que aplicou o curso, porém, esse certificado não tem validade perante o MEC.

Agora que você já sabe quais são as diferenças entre curso técnico e profissionalizante, não resta mais dúvidas de qual se adequa ao seu perfil. Você sabia que o Educa Mais Brasil oferece bolsas de estudo com até 70% de desconto para estes cursos? Então, essa é a hora de se qualificar para o mercado de trabalho. Acesse o site: www.educamaisbrasil.com.br, veja as opções de cursos técnicos ou profissionalizantes que deseja fazer e realize a sua inscrição gratuita.

Ascom – Educa Mais Brasil


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua deixando seu comentário.