terça-feira, 8 de agosto de 2017

Encceja tem nova data de aplicação da prova


O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) anunciou a alteração da data da prova do Encceja (Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos). O exame nacional estava previsto para 8 de outubro, agora será aplicado em 22 de outubro.

Outra mudança foi em regras de aplicação, segundo o órgão o participante não poderá levar o seu caderno de questões ao término da prova. Além disso, os institutos federais de educação, ciência e tecnologia poderão emitir apenas a certificação do ensino médio. Já as secretarias estaduais de Educação permanecerão responsáveis pela emissão de certificados tanto do ensino fundamental quanto do ensino médio.

O exame substituirá o Enem no objetivo certificar a conclusão do ensino médio. Esta avaliação não era aplicada desde 2009 e volta, neste ano, para comprovar também o ensino fundamental. O candidato deve ter no mínimo 15 anos completos para realizar a prova do ensino fundamental, enquanto para a prova do ensino médio a idade mínima é de pelo menos 18 anos.

O prazo de inscrição se estende até as 23h59 do dia 18 de agosto e pode ser feita no endereço: Encceja Nacional

Confira as datas do Encceja:

Encceja Nacional
Inscrições: 7 a 18 de agosto
Aplicação: 22 de outubro
Locais de prova: 564 locais distribuídos em todas os Estados brasileiros

Encceja Nacional PPL (pessoas privadas de liberdade)
Adesão das unidades: 14 a 25 de agosto
Inscrições: 21 de agosto a 1º de setembro
Aplicação: 24 e 25 de outubro

Encceja Exterior
Inscrições: 3 a 17 de julho
Aplicação: 10 de setembro
Locais de prova: Estados Unidos (Boston e Nova Iorque), Bélgica (Bruxelas), Guiana Francesa (Caiena), Portugal (Lisboa), Suíça (Genebra), Espanha (Madri), Reino Unido (Londres), França (Paris), Japão (Nagóia, Hamamatsu e Ota), Holanda (Amsterdã)

Encceja Exterior PPL
Inscrições: 3 a 17 de julho
Aplicação: 11 a 22 de setembro
Locais de prova: Guiana Francesa (Caiena) e Japão (Tóquio)



Ascom – Educa Mais Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua deixando seu comentário.