quarta-feira, 24 de maio de 2017

Conheça os “vilões” da redação do Enem e como evitá-los

Nota máximaaa 🎓
A redação do Enem costuma parecer um desafio para a maioria de seus candidatos. Não é à toa: uma boa redação pode ser o diferencial entre ser ou não aprovado na universidade, porque tem o potencial de puxar a nota para cima. Assim, é importante ficar de olho em dicas para o que fazer na redação, mas também no que NÃO fazer.
A professora Gabriela de Araújo Carvalho, coordenadora de redação do Curso Poliedro, lista abaixo os sete piores erros que podem ser cometidos na prova.

Atualidades? Oi?

1. Não estar por dentro dos temas atuais

Manter-se atento às atualidades e suas visões críticas é um bom caminho, segundo a professora. Temas relacionados às questões de cultura, memória e cidadania têm chances de aparecer, bem como assuntos de ecologia, sustentabilidade e energias renováveis. A base é sempre a Declaração Universal dos Direitos Humanos e o uso racional dos recursos ambientais. “Estudar atualidades nunca é se perder, mas sim encontrar cada vez mais elementos que facilitarão a compreensão da dinâmica social, o que ajudará a entender qualquer tema de redação”, aponta.

2. Não se planejar em relação ao tempo

Mais do que a preocupação com o tema da dissertação, o estudante deve empenhar-se em organizar sua produção. Neste sentido, treinar o tempo é fundamental. “Elaborar uma redação dissertativa por semana até a data do Enem pode auxiliar o candidato a ganhar agilidade ao escrever o texto”, indica Gabriela.

3. Problemas com a norma culta

Acentuação, pontuação e concordância são fatores decisivos para alcançar uma boa nota. Esteja atento às correções feitas em suas redações por professores e estude as regras gramaticais.

Atento 👀

4. Falta de espaço para escrever

É necessário estar atento ao espaço disponível para a escrita e ao objetivo do texto. Um dos pontos importantes é habituar-se ao limite de 30 linhas proposto, sabendo construir uma boa argumentação e conclusão dentro deste espaço.

5. Falta de treino

A preparação para a redação exige muito treino. É essencial fazer as redações de temas solicitados nos anos anteriores para conhecer o perfil da prova e estar ainda mais preparado.

6. Proposta de intervenção vaga

O Enem é uma prova que apresenta um problema localizado no contexto brasileiro e que cobra proposta de intervenção para esse problema. “Defender um ponto de vista de maneira superficial não vai ajudar o candidato a pontuar na redação. Por isso, é necessário utilizar elementos externos no texto”, ressalta Gabriela.

MPB 😍

7. Pouco repertório cultural

Utilizar citações da música e literatura nacional pode ajudar o estudante a fazer uma analogia ao tema e elaborar uma boa argumentação. Tenha um bom repertório cultural.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua deixando seu comentário.