sexta-feira, 5 de maio de 2017

Como se exercitar pode melhorar sua performance acadêmica

Exercitar-se regularmente é vital para uma vida saudável, disso todo mundo sabe. Mas uma pesquisa feita na Universidade de Nevada, nos Estados Unidos, descobriu que estudantes que se exercitam regularmente (pelo menos 3 vezes por semana) têm taxas de graduação mais altas, e têm notas consideravelmente mais altas que colegas que não se exercitam.
estudo foi publicado no Journal of Medicine & Science in Sports & Medicine, onde exercício é definido com pelo menos 20 minutos de movimento vigoroso que produz suor e respiração rápida, ou movimento moderado por pelo menos 30 minutos que não produz suor ou respiração pesada.
Há mais de um ano atrás, pesquisadores descobriram uma ligação entre exercício, concentração e foco em crianças. De acordo com Mike McKenzie, pesquisador e presidente do Southeast American College of Sports Medicine, “um grupo no estado de Oregon liderado pelo Dr. Stewart Trost encontrou níveis significantemente melhores de concentração, memória, e comportamento em crianças na idade escolar que se exercitavam, comparadas a crianças que tinham tempo adicional de lições.”
A causa disso é que o exercício estimula a matéria cinzenta do cérebro a produzir hormônios de crescimento para o cérebro. Um estudo feito pela Universidade de Illinois descobriu que atividade física aumenta a habilidade do estudante de prestar atenção nas aulas, assim como melhorar sua performance acadêmica.
Além de melhorar as habilidades cognitivas dos estudantes, o exercício também ajuda os alunos de outras formas. Ele causa três mudanças de comportamento no corpo humano, e na mente: ele exige planejamento, combate o estresse e induz um sono melhor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua deixando seu comentário.