sexta-feira, 21 de abril de 2017

5 questões sobre dinheiro que você deve responder antes dos 35

A preocupação com as finanças é uma das que mais nos acompanham ao longo da vida. Apesar de não ser possível ter certeza de tudo que acontecerá nesse âmbito, dá para se organizar. Para te ajudar, separamos cinco questões sobre dinheiro que você deve responder antes dos 35 anos. Pronto?
1. QUAL O SEU PATRIMÔNIO?
Algumas pessoas possuem propriedades, carros ou objetos preciosos. Qual é o seu caso? Se você nunca calculou qual o seu patrimônio líquido, então, chegou a hora. O primeiro passo é observar qual o valor daquilo no mercado atualmente e subtrair do quanto você realmente possui (para o caso de financiamentos e afins). Isso ajuda a dar uma perspectiva real da sua situação financeira.
2. QUANTO VOCÊ DEVE TER NA SUA POUPANÇA?
Muitas vezes esquecemos da importância de manter uma poupança. Mesmo que seja pouco, a ideia é separar uma parcela do seu salário por mês para problemas futuros. Especialistas sugerem que você deve ter ao menos três meses de despesas garantidos nela.
3. QUANTO E QUANDO COMEÇAR A GUARDAR PARA A APOSENTADORIA?
Antes de tudo, tenha em mente que esse dinheiro não é o mesmo que o da poupança. Como é de praxe, desde a primeira assinatura na sua carteira de trabalho, uma parcela do seu salário é descontada para que o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) desenvolva futuramente a sua aposentadoria. Porém, há meios de fazer isso sem depender do órgão. Você pode investir ou dar início a uma previdência privada. A ideia é começar logo na sua entrada no mercado de trabalho.
4. IMÓVEL: É MELHOR COMPRAR OU ALUGAR?
Em geral, mantemos a vontade de ter uma casa própria e muita gente considera o aluguel um dinheiro sem retorno, porém, tudo depende de você. Se, por um lado, um imóvel pode ser sinônimo de prestações caras e longas, por outro, um aluguel não o permite ter naquele imóvel um patrimônio. Tenha em mente o que é melhor para as suas finanças e, caso decida alugar, nunca comprometa mais do que 30% da sua renda líquida com ele.
5. COMO VOCÊ CONTROLA SEUS GASTOS?
Não basta poupar, é preciso compreender a sua relação com o seu dinheiro. Para ter estabilidade financeira, é necessário saber exatamente quais são os seus gastos e quanto eles representam. Contas surpresa são sinônimo de mal planejamento, o que pode ser prejudicial e ainda fazer com que você perca dinheiro. Conheça as suas contas!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua deixando seu comentário.