quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Escrever com prazer

A comunicação por meio do texto escrito sempre foi um dilema para muitas pessoas. Ainda mais agora, em tempos de internet, quando desenvolver uma redação pode ser um desastre para quem convive com a nova tecnologia. Esse tema é o ponto de partida de Luciano Martins no livro “Escrever com criatividade”, lançado pela Editora Contexto. O autor é criador do “Escrita Sistêmica”, método de ensino de redação aplicado em escolas de ensino médio no estado de São Paulo e que é o tema central do livro.
Escrever com Criatividade é, portanto, uma obra baseada numa experiência prática. Por meio de reflexões e exercícios, apresenta-se com um único objetivo: ajudar a desenvolver a redação, conduzindo, entretanto, para que esta atividade deixe de ser uma obrigação e torne-se um prazeroso exercício de criatividade. Nesta empreitada, Luciano Martins, jornalista, contou com a experiência de participação no projeto “Jornal Ideal” a convite do escritor Gabriel Garcia Márquez.
O livro foi dividido em 21 textos curtos com títulos bem instigantes. “Pânico I: a redação”, por exemplo, trata da relação da escrita com o mundo moderno, colocando em questão as habilidades do ser humano e a aprendizagem. A seguir, em “O macaco e o lápis”, Martins aborda a invenção da escrita. “Complicou? Espere para saber o que aconteceu no seu cérebro e na rede do seu sistema nervoso quando a sua mão apanha a caneta…”, escreve, provocando o leitor.
“Sua rede interna” e “Lampejos de genialidade”, capítulos seguintes, dão continuidade a esta abordagem sobre a origem e implicações da atividade escrita. “…o grande tesão da comunicação na era em que vivemos é a aplicação de conceitos emprestados da Física Quântica”, destaca. Mas é a partir de “Hino a Zeus” que o livro começa propriamente a abordar a técnica de escrever: “… lembre-se da técnica de contar uma piada. Você nunca entrega tudo logo de cara, você tem que criar um clima…”.
Até o final do livro, os textos seguem, então, uma mesma tônica. Referência a pequenas histórias, propostas de atividades, dicas – “deixe o texto repousar um tempo, como a massa de pastel…” – e muitas questões para interagir com o leitor. “Vamos fazer uma rápida arqueologia da palavra?”, “Terminou?”, “O que é que a música tem de fundamental?”
Escrever com Criatividade, por fim, apresenta uma lista enxuta, porém seleta, de livros que podem ajudar a entender como se dá o processo de escrever.

Livro: Escrever com Criatividade
Autor(es): Luciano Martins
Editora: Contexto
Páginas: 120

COMO CITAR ESSE CONTEÚDO:
SANTOS, Thais Helena dos. Escrever com prazer. Educabrasil. São Paulo: Midiamix, 2001. Disponível em: <http://www.educabrasil.com.br/escrever-com-prazer/>. Acesso em: 18 de nov. 2016.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua deixando seu comentário.