quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Sua personalidade pode ajudar a conseguir um emprego

Fonte: Universia

Falar sobre nós mesmos é mais difícil do que parece, principalmente, quando se trata da nossa personalidade. Passamos pouco tempo nos preocupando com as nossas competências e nos esquecemos de pensar sobre a forma como interagimos com o mundo e as outras pessoas.
Fazer esse exercício é essencial para a vida pessoal e também para nossa colocação no mundo corporativo, já que a personalidade pode definir o perfil de um profissional e prever a forma como vamos agir dentro da empresa. Por isso, os testes de personalidade são muito comuns em entrevistas e merecem uma atenção especial.
A seguir, veja agora alguns critérios de avaliação que estão sendo usados pelas companhias para selecionar seus candidatos, e também algumas orientações sobre como agir na sua próxima entrevista de emprego:

1) Teste de personalidade em empresas
Testes de personalidade são usados há mais de um século e o mais famoso deles é a tipologia de Myers-Briggs. Nos Estados Unidos, por exemplo, o teste é usado por mais de 10.000 companhias, 2.500 universidades e 200 agências do governo, por conta da sua boa reputação na comunidade científica.
A tipologia de Myers-Briggs é capaz de identificar em um grupo de indivíduos quais são os mais emotivos, os mais racionais, os mais intuitivos, entre outros. Ao todo, o teste é capaz de definir até 16 perfis psicológicos e, por ter alta precisão, é uma ferramenta valiosa para as empresas de recrutamento.
É importante lembrar que não existe um resultado certo ou errado nessas avaliações, portanto, a dica é ser o mais sincero e realista possível. O objetivo do teste não é definir se o candidato é um bom ou mau profissional, mas descobrir se irá se adaptar a área da vaga que está sendo ofertada.

2) Habilidades sociais também são avaliadas
O que deixa os profissionais ansiosos durante um teste de personalidade é se suas respostas estão de acordo com as expectativas do empregador. No entanto, apesar de cada empresa ter um perfil diferente, existem algumas habilidades que são valorizadas por todos no mercado de trabalho.
Boa comunicação, capacidade de tomar decisões rápidas, cumprimento de prazos e versatilidade são algumas das características procuradas por todos os gestores. Se você for bom em uma delas, tente explorá-la durante a sua entrevista.

3) Responda com honestidade
Tentar corresponder às expectativas do novo gestor e responder as perguntas seguindo as exigências da vaga, e não a sua personalidade, até pode te garantir um emprego, mas não felicidade.
É fácil construir uma imagem durante a entrevista, mas mantê-la durante muito tempo é praticamente impossível. O novo chefe acabará descobrindo, mais cedo ou mais tarde, que aquele profissional não era o ideal para a vaga. Além disso, o funcionário pode se sentir desmotivado e acabar ficando pouco tempo na empresa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua deixando seu comentário.