sexta-feira, 10 de julho de 2015

Veja as técnicas de estudo que são mais compatíveis com a sua área do conhecimento preferida

Fonte: Universia

Nos anos 80, um psicólogo norte americano revolucionou o conceito de inteligência com uma nova ideia. Ao propor o conceito das Inteligências múltiplas, Howard Gardner revolucionou muitas das concepções sobre a educação que estavam consolidadas desde o século XIX. Para o cientista, existem 8 tipos de inteligência – Lógico-matemática, Linguística, Corporal, Naturalista, Intrapessoal, Interpessoal, Espacial, Musical – relacionadas ao campo do conhecimento em que cada pessoa se destaca.
Como os tipos de inteligência se traduzem também em aptidão, é natural que os estudantes se sintam mais confortáveis para aprender utilizando as técnicas de estudo que combinam com cada tipo de inteligência, tornando todo o processo de aprendizado mais efetivo. Por isso, confira quais os métodos se adéquam melhor às inteligências e renove a maneira como você estuda.
 Inteligência Linguística
Essa é a área de quem tem maior domínio com a linguagem, por exemplo, alunos que se destacam aprendendo idiomas. Para os alunos linguisticamente inteligentes, vale a pena desenvolver os métodos que usam extensivamente a linguagem, como as anotações em sala de aula e os resumos.
 Inteligência Matemática
Os alunos que se destacam nessa área são os com maior aptidão para cálculos e exercícios da área de exatas. Em geral, esses estudantes trabalham melhor com dados e informações catalogadas, por isso, é interessante fazer cartões de resumo utilizando gráficos, tabelas e categorizando as informações em tópicos.
 Inteligência espacial
As pessoas que se destacam na inteligência espacial costumam ser bastante criativas e hábeis com artes e desenhos, por isso, é interessante envolver esses elementos em seu aprendizado. Na hora de estudar, é importante recorrer às características visuais, como desenhos, filmes e imagens que irão ajudar a trabalhar com os conceitos.
 Inteligência Corporal
Essa característica está presente nas pessoas que se destacam em áreas como a dança os esportes. Por terem uma boa conexão com o corpo, esses alunos podem se beneficiar com atividades práticas, como exercícios em que eles próprios possam construir modelos ou jogos.
 Inteligência Musical
Esse tipo de inteligência se refere à pessoas que tem um talento especial para músicas. Por isso, é interessante estudar ouvindo música instrumental, para associar os ritmos com os conteúdos e facilitar a memorização. Criar rimas e músicas com as matérias também é uma ótima maneira de memorizá-las.
 Inteligência Interpessoal
Esses estudantes costumam ser os mais sociáveis e, portanto, tendem a aprender mais quando convivem com as outras pessoas. Por isso, apostar em grupos de estudos, debates ou até mesmo pedir para que um amigo faça uma pequena “sabatina”, perguntando potenciais questões da prova são medidas eficazes para o desenvolvimento do aprendizado.
 Inteligência Intrapessoal
São pessoas que trabalham melhor quando se concentram sozinhos e podem ter foco total nas atividades. Para potencializar esse tipo de inteligência é necessário estudar em um local silencioso, fazer anotações e lidar com cada prova de modo individual.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua deixando seu comentário.