segunda-feira, 5 de maio de 2014

Entenda por que repetir o ano não é bom para estudantes

Fonte: Universia

Muitos professores acreditam que a melhor maneira para melhorar o desempenho de um estudante é o reprovando no fim do ano. Repetir o ano, mesmo que as notas não tenham sido boas, pode ser mais prejudicial do que a grande maioria das pessoas imagina.

Segundo um estudo publicado pela Public Policy Institute of California (PPIC), o Early Grade Retention and Student Success: Evidence from Los Angeles, alunos que repetiram o ano obtiveram os mesmos resultados em provas em comparação aos que nunca tinham sido reprovados. Esses resultados parecidos foram vistos principalmente nos testes de matemática e Inglês.

Apesar de essa informação parecer positiva, o fato de alunos repetentes conseguirem exatamente o mesmo resultado que os aprovados é um mau sinal. Um dos principais motivos para que estudantes sejam reprovados é que eles aprendem em uma velocidade menor que seus colegas e, por isso, têm um desempenho pior. Se eles conseguem resultados iguais mesmo estudando um ano a mais, isso demonstra a ineficiência da instituição de adaptar as aulas de acordo com as necessidades de cada aluno.

Além disso, o cérebro necessita de novas informações para manter-se sempre saudável. Repetir o mesmo conteúdo por mais 12 meses é prejudicial para o desempenho do estudante e sua capacidade de absorver novos dados. Por isso, assim que eles avançarem mais um ano, eles terão a mesma dificuldade de acompanhar o ritmo dos outros e poderão repetir novamente.

Por isso, o cenário ideal é que os professores consigam ver quais alunos precisam de mais atenção durante as aulas. Dessa forma, eles poderão receber um tratamento diferenciado e acompanhar o progresso dos seus colegas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua deixando seu comentário.