terça-feira, 4 de março de 2014

7 habilidades que realmente importam no currículo




Por: Universia


O currículo é o lugar no qual você deve vender as suas habilidades, mas você não pode simplesmente jogar tudo no papel. É preciso realizar uma seleção das aptidões mais adequadas para o cargo ao qual você está concorrendo. Mas, escolher esses itens pode ser bastante complicado. Para facilitar a escolha das informações, confira uma lista com as 7 habilidades que mais valem pontos no seu currículo.

1. Comunicação
A comunicação pode aparecer de diversas formas. É importante que você desenvolva essa habilidade em todas elas. Você precisará se sentir confiante para qualquer tipo de conversa, seja cara a cara, por telefone ou mesmo por e-mail. Lembre-se de que no ambiente de trabalho você precisará se sentir seguro para manter contato com os seus superiores. Essa habilidade deve brilhar no seu currículo fazendo com que você seja reconhecido como um comunicador nato.

2. Software
O mundo está cada vez mais tecnológico, por isso, é fundamental que você tenha intimidade com esse ramo. Provavelmente isso não será tão difícil, já que os novos profissionais levam vantagem por terem sido criados em um ambiente mais favorável a esse tipo de desenvolvimento. Reúna em seu currículo toda a informação relevante a respeito da sua relação com a tecnologia. Fale de cursos que você fez e softwares que você domina.

3. Escrita
Não importa para qual área você trabalhe, saber escrever sempre será fundamental. Saber escrever é uma parte significativa do sucesso em uma carreira e você precisa se sentir seguro sobre isso. Cada linha do seu currículo é uma chance para mostrar as suas habilidades de escrita, portanto, saiba como aproveitar a oportunidade. Faça um texto correto e formal – mas prefira as palavras mais simples! E lembre-se de corrigir a sua gramática antes de enviar o documento.

4. Gerenciamento de tempo
Com a quantidade de informações que chegam a você por minuto, seja lá em qual área você esteja inserido, é fundamental ser capaz de priorizar e hierarquizar as tarefas do seu dia. Para os recrutadores isso é essencial. O que eles procuram são candidatos capazes de lidar com diversos projetos ao mesmo tempo, em deadlines curtos e sem supervisão constante. Você pode mostrar que é capaz de fazer isso listando as suas atividades relevantes da universidade.

 5. Networking
Talvez você ainda não tenha entendido, mas contatos são tudo na vida profissional. O mercado de trabalho é assim: funciona se você conhece as pessoas certas. Isso importa tanto porque os seus contatos podem ser úteis para a empresa no período em que você estiver lá. Portanto, trate de construir relações com pessoas de diferentes cursos e salas enquanto você estiver na universidade. Invista também em eventos da indústria na qual você trabalha, para conhecer os grandes nomes da área. Você não pode citá-los no seu currículo, mas eles poderão ajudá-lo a levar o seu currículo para onde você deseja.

6. Liderança
Mesmo que você faça parte de uma equipe comandada por outra pessoa, não se iluda acreditando que os recrutadores procuram por funcionários “submissos”. Claro que você não deve questionar qualquer ordem que receber, mas as empresas procuram colaboradores capazes de assumirem projetos e driblarem imprevistos. Mencione no seu currículo as atividades que você exerceu e que podem dar ao recrutador uma ideia da sua capacidade de decisão.

 7. Integridade
Embora pareça óbvio, nunca é demais ressaltar que as empresas buscam pessoas com valores. Claro que esse tema é muito subjetivo e exatamente por isso os recrutadores vão tentar identificar em você os mesmos objetivos da companhia. Talvez você não compartilhe de todos eles, mas procure deixar claro que você é uma pessoa íntegra, honesta e capaz de exercer suas funções com base em uma “crença” coletiva, que seria a missão da empresa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua deixando seu comentário.