segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Faça Enfermagem!

É a ciência que se dedica a promover, a manter e a restabelecer a saúde das pessoas. O enfermeiro atua na proteção, na promoção e na recuperação da saúde, bem como na prevenção de doenças. Em hospitais, é indispensável em todos os setores, da UTI à psiquiatria. Ele coleta os dados sobre o estado de saúde do paciente por meio de exames físicos e entrevistas e faz o diagnóstico de enfermagem para estabelecer a conduta a ser seguida. Trabalha em equipe multiprofissional (com médicos, nutricionistas, psicólogos, entre outros). É responsável desde a higiene e a alimentação até a administração de remédios e a prescrição de curativos. A enfermagem não se limita ao trabalho em hospitais e clínicas. Um campo importante é o da saúde coletiva, na qual o profissional atua na promoção da saúde e na prevenção de doenças, realizando também trabalhos educativos na comunidade. O licenciado está apto a ministrar aulas teóricas e práticas em cursos técnicos, sejam de nível médio, seja em escolas profissionalizantes, para formar auxiliares de enfermagem.

Os hospitais particulares são os maiores empregadores do enfermeiro. Geralmente, o profissional é contratado como assistente, para depois ocupar o cargo de enfermeiro. As áreas mais aquecidas são geriatria, dermatologia, pediatria e oncologia. A expansão do Programa Saúde da Família, do governo federal, também favorece o mercado, pois cada equipe tem de contar com, no mínimo, um profissional da área. A auditoria é outro setor que cresce e necessita de enfermeiros que saibam lidar com a relação custo-benefício de medicamentos e equipamentos hospitalares. A maior parte dos hospitais privados está na Região Sudeste, mas aqui o mercado se encontra bastante saturado, pois é nos estados dessa região que se concentra o maior número de cursos superiores em Enfermagem."Quem se dispõe a ir para outras regiões do país, como a Norte, encontra mais emprego e até salários melhores", conta Luciana de Lione Melo, coordenadora do bacharelado em Enfermagem da Unicamp. É importante também apostar numa pós-graduação. "O mercado está muito exigente e não admite mais o bacharel que não tenha especialização", diz a professora da Unicamp. 

Salário inicial: R$ 1.900,00 (São Paulo-SP); R$ 1.710,00 (demais municípios - SP); fonte: Sindicato dos Enfermeiros de São Paulo.

O Educa Mais Brasil disponibiliza bolsas de estudo para o curso de enfermagem em diversas instituições de ensino em todo o país. 
Realize a sua inscrição gratuita clicando AQUI.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua deixando seu comentário.