segunda-feira, 15 de julho de 2013

Educa Mais Brasil oferece vagas para cursos técnicos em MG

Tendência no país devido a curta duração e o foco no mercado de trabalho, os cursos técnicos atraem cada vez mais pessoas que buscam qualificação. Atento às necessidades do cenário profissional, o programa de inclusão educacional, Educa Mais Brasil, passa também a disponibilizar bolsas de estudo de 50% para esta modalidade.

Segundo Andréia Torres, Diretora de Expansão e Relacionamento do Educa Mais Brasil, a expansão das bolsas de estudo para os cursos técnicos era uma meta do programa, que tem como objetivo favorecer a formação acadêmica e profissional das pessoas que não possuem condições de arcar com 100% do investimento necessário para a sua qualificação. 

Em Minas Gerais, o programa está disponibilizando bolsas em Caratinga, Cataguases, Ipatinga, João Monlevade, Leopoldina e Teófilo Otoni. ”O nível técnico é a porta de entrada para o mercado de trabalho que está carente de mão de obra qualificada”, explica Andréia. 

Conforme dados do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), Federação das indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e Ministério do Trabalho e Emprego (MTE),  74% dos alunos saem dos cursos técnicos empregados. Em média, esses profissionais não ficam mais de dois meses sem trabalho e conquistam recolocação no mercado neste período. Além disso, de acordo com o Mapa do Emprego na Indústria do ano de 2012, da Confederação Nacional das Indústrias (CNI), nos próximos três anos o país precisará de mais de 7 milhões de profissionais para suprir a demanda do trabalho.

As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas no site www.educamaisbrasil.com.br, onde o interessado poderá conferir as opções de curso oferecidas. Além de bolsas para cursos técnicos o Educa Mais Brasil disponibiliza também bolsas para os cursos de graduação, pós-graduação e ensino básico. 
Para mais informações o interessado pode entrar em contato com a central de atendimento através dos telefones 0800 724 7202/ 0800 724 7775.  


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua deixando seu comentário.