quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Excesso de exercício faz mal ao coração?



São Paulo - Nos últimos meses, uma quantidade grande e por vezes confusa de informações avisavam que o 
exercício "excessivo" poderia causar danos ao coração. O pesquisador Michael Joyner, prestativamente, compilou em uma página todos os fatos.
Joyner trata o tema de todos os ângulos possíveis - como um pesquisador da saúde e praticante de corrida. O médico inclusive já fez uma maratona para 02:25. Sua conclusão geral: existe um risco cardíaco associado ao excesso de exercício? Se os exercícios forem programados, abrangentes e bem controlados, a resposta parece ser não.
Mas também parece que em termos de saúde existem muitos médicos descrentes sobre o fato das pessoas que treinam "em excesso" (mais de uma hora quase todos os dias) terem mais benefícios que as pessoas que apenas treinam "muito" (30-60 minutos na maioria dos dias). No entanto, as pessoas que treinam em excesso fazem isso, provavelmente, por motivos que vão além da saúde, que incluem a necessidade de competir, passar um tempo sozinho ou buscar um grande desafio na vida.
Não se exercitar o suficiente é extremamente comum e perigoso. Por outro lado, a vida anda tão 'corrida' que ser um atleta amador que treina em excesso também é raro e, por isso, apontar evidências que mostram que esse tipo de treino a longo prazo traz danos ao coração é também uma especulação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua deixando seu comentário.