quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Aprimore suas habilidades de bom ouvinte

Por Débora Martins

Aprendemos a falar, ler e escrever quando ainda somos crianças, e aprimoramos essas técnicas no decorrer de nossas vidas. Entretanto, no ambiente organizacional, percebemos o quão importante é desenvolver a habilidade de escuta.
Acredito que tudo começa quando decidimos aprender a escutar.
Segundo estudo publicado na Supervisory Management, EUA, as pessoas passam 80% de suas vidas se comunicando. Desse total, 16% são gastos lendo, 9% escrevendo, 30% falando e 45% ouvindo.


A pesquisa ainda comenta o seguinte fato: as duas primeiras atividades são aprendidas na escola e a terceira é ensinada nos primeiros anos de vida. A escutar ninguém ensina, embora no dia a dia das organizações seja uma atividade tão, ou mais, importante que as outras.
Pode parecer simples, no entanto aprender a escutar é um processo complexo que exige certos princípios básicos, além de muita prática. Um bom exemplo disso é uma história que o escritor americano Jeff Davidson colocou em seu livro.
Davidson conta que a primeira vez que percebeu sua deficiência comunicativa foi em uma reunião de negócios. Segundo ele, um dos participantes tinha o hábito de gravar as conversas mais importantes; todas as vezes que se encontravam, lá estava sobre a mesa o gravador.

Certa vez, quando levou o gravador para casa e resolveu escutar, ficou surpreso com a quantidade de ideias preciosas que surgiram durante a reunião, das quais, inclusive, já se havia esquecido.
Lembra ainda que se não fosse pela gravação metade das informações estaria perdida, pois mesmo suas anotações não cobriam tudo que estava registrado naquela gravação. Então, o escritor passou a se preocupar mais em escutar.
Descobriu que o melhor momento de registrar por escrito era depois, quando escutava com atenção.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua deixando seu comentário.