quarta-feira, 15 de agosto de 2012

As 25 empresas americanas com processos seletivos mais difíceis


Existem algumas empresas que são famosas pelos processos seletivos rigorosos, que incluem testes múltiplos, perguntas absurdas, dinâmicas de grupo e ainda várias etapas de entrevistas individuais. Para saber quais companhias têm as entrevistas de emprego mais difíceis, o site americano de carreiras Glassdoor cruzou dados de mais de 80 mil depoimentos de entrevistados para chegar a uma lista com 25 nomes de organizações com sede nos Estados Unidos.
As empresas de consultoria encabeçam o ranking, que é liderado pela McKinsey. Além das firmas de consultoria, as empresas de tecnologia são maioria na lista, com nomes como Google e Facebook. Mas o site ressalta que uma entrevista difícil não necessariamente significa uma experiência negativa, de acordo com os relatos dos candidatos que foram entrevistados.
O Glassdoor lista, ainda, algumas das perguntas recentes a que foram submetidos os candidatos. McKinsey & Company: Existem três produtos: tomates, carros de luxo e camisetas. Que taxa de valor agregado deve ser aplicada a cada tipo de produto?”. Boston Consulting: “Quantas pessoas usariam um remédio que previne a calvície?”. Google: “Qual é o custo marginal de um gigabyte no gmail?”.
Veja a lista com as 25 empresas que têm os processos seletivos mais difíceis:

1. McKinsey & Company
2. Boston Consulting
3. Oliver Wyman
4. A. T. Kearney
5. ZS Associates
6. Thoughtworks
7. Bain & Company
8. Shell Oil
9. Google
10. Unisys
11. Rackspace
12. Cypress Semiconductor
13. Susquehanna International Group
14. bazaarvoice
15. Procter & Gamble
16. Teach for America
17. L.E.K. Consulting
18. Juniper Networks
19. Sapient
20. Stryker
21. General Mills
22. Progressive
23. Headstrong
24. Facebook
25. Amazon

Fonte: O Globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua deixando seu comentário.