sexta-feira, 13 de julho de 2012

Saiba por que sexta-feira 13 é considerada um dia de azar


Hoje é a temida Sexta-feira 13, o que costuma deixar as pessoas com arrepios. A data é caracterizada por várias lendas e crendices, que julgam a ocasião como azarada e até mesmo amaldiçoada. Os supersticiosos que levam a sexta 13 a sério chegam a abrir mão de fazer algumas atividades por medo deste dia negro do calendário.  
Alguns supersticiosos sentem tanto pavor da sexta-feira 13 que até evitam sair de casa. 

A crença de que o dia 13, quando cai em uma sexta-feira, é dia de azar, é a mais popular superstição entre os cristãos. Há muitas explicações para isso. A mais forte delas, segundo o Guia dos Curiosos,  é que os católicos afirmam que 13 era o número de presentes na Última Ceia (12 apóstolos e Jesus). E o 13º homem que chegou, Judas, teria traído Cristo. Com relação ao dia da semana, sexta-feira teria sido o dia da crucificação de Cristo, além do Dilúvio ter iniciado também nesse dia da semana.

Mas mais antigo que isso, porém, são as duas versões que provêm de duas lendas da mitologia nórdica. Na primeira delas, conta-se que houve um banquete e 12 deuses foram convidados. Loki, espírito do mal e da discórdia, apareceu sem ser chamado e armou uma briga que terminou com a morte de Balder, o favorito dos deuses. Daí veio a crendice de que convidar 13 pessoas para um jantar era desgraça na certa.
Existe também a superstição ligada a gatos pretos. A adoção de gatos com essa cor é sempre mais difícil, pois eles sofrem muita rejeição por conta desses mitos e preconceitos criados contra eles. 
E você? Acredita nessas coisas?
Fonte: UNIVERSIA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua deixando seu comentário.