quarta-feira, 11 de julho de 2012

Dicas de como estudar Matemática para o Enem


 Os temas mais recorrentes

Saber que a prova de Matemática e suas Tecnologias do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) traz 45 questões pode assustar. Mas a boa notícia é que ela não exige que você decore fórmulas nem resolva operações muito complicadas.

“A parte fundamental da prova é a interpretação de textos, tabelas e gráficos. Se cair alguma fórmula mais complexa, será em pouquíssimas questões”, afirma o professor de matemática e supervisor da área no Curso Anglo, Glenn Albert Jacques van Amson.
Isso não significa, porém, que não é preciso ter alguma base. “Podemos dizer que 99% das perguntas englobam conteúdo do nono ano do Ensino Fundamental e primeiro ano do Ensino Médio”, afirma o professor. “Então o candidato precisa saber conceitos básicos desses anos.”
Segundo ele, em álgebra, o conteúdo mais cobrado é o de funções - o que inclui leitura de gráficos, geralmente abordando eventos do cotidiano, como o crescimento de saldo bancário. “Logaritmo já caiu na prova e exigiu que o candidato soubesse de cor suas propriedades, mas foi uma exceção”, diz Glenn.

Como se sair bem

A maior dica do professor Glenn (e que vale para as outras matérias também) é resolver questões antigas de provas anteriores. Aproveite as que estamos postando por aqui e clique nos links para ter acesso a todas as questões. “Fazendo isso, o aluno vai se sentir bem mais à vontade na hora do exame”, completa.
Outra coisa que ajuda é usar o método pega-varetas.No jogo, que consiste em lançar varetas ao chão e pegar o máximo possível sem movimentar as outras, o segredo é sempre pegar as que estavam mais fáceis para, só depois, tentar tirar as difíceis.
Esse princípio também se aplica ao Enem e ao vestibular, em que há um grande número de questões de diferentes níveis de dificuldade e um tempo limitado para resolvê-las. Assim, comece respondendo as mais fáceis e deixe as mais complicadas para depois. “As questões têm pesos diferentes, mas o candidato deve tentar responder o maior número que conseguir”, explica o professor. Se perder muito tempo nas mais difíceis, sobrará pouco para as que você teria mais chance de acertar, certo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua deixando seu comentário.