terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Pós-graduação: qual é o melhor curso para você?


A resposta a essa pergunta depende de seu objetivo profissional e de seu perfil pessoal. É certo que ninguém que pretenda subir na carreira pode dispensar uma pós-graduação. Mas cada profissão exige um tipo de pós. "Primeiro é preciso saber o que se quer da vida. Não adianta sonhar com um cargo de comando numa companhia sem ter um MBA. Porém, se o objetivo é aprofundar conhecimentos e melhorar o desempenho profissional, o melhor é fazer um curso específico. Já mestrados e doutorados são mais indicados para quem deseja seguir a carreira acadêmica", explica José Antônio Rosa, consultor da Manager Assessoria em Recursos Humanos, professor de pós-graduação da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e do Instituto Nacional de Pós-Graduação (INPG). 
Mestrado - tanto o acadêmico quanto o profissional -, doutorado e especialização
 são cursos muito diferentes. Para começar, mestrados e doutorados fazem parte das pós stricto sensu. A principal função desses cursos é formar pesquisadores e professores universitários. Eles são avaliados pela Coordenação de Aperfeiçamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).
Especializações - dentre elas, o badalado MBA -, por outro lado, são pós-graduações lato sensu - voltadas ao mercado profissional, com um objetivo técnico-profissional específico. Em comum, todas as pós-graduações exigem do candidato o diploma de graduação reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC). 
As universidades têm ampla liberdade para montar e administrar seus programas de pós. Por isso, nem sempre existe uma regra fixa para a duração do curso e os requisitos exigidos do candidato. A seguir você encontra uma breve descrição das várias modalidades de
 pós-graduação, com informações sobre as práticas mais comuns. Escolha a que melhor combina com seu perfil e se ajusta aos seus planos de carreira.

Fonte: Guia do Estudante

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua deixando seu comentário.