quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

A importância de planejar o estudo.


            Formar bons filhos e alunos é uma tarefa difícil, porém não é impossível. O que dificulta é a falta de preparo principalmente dos educadores em orientar os pais e conseqüentemente dos pais em orientar seus filhos. Ou seja, é um efeito dominó no qual deve acontecer uma sincronia entre todos os elementos, pois qualquer deslize pode provocar a queda de todos, ocasionando o fracasso em relação ao que lhes é de responsabilidade. A real preocupação é de como os pais devem proceder de forma que o filho realize as lições de casa de forma proveitosa.
            Segundo pesquisas realizadas, boas novas chegam para pais e educadores. Baseado em um levantamento com adolescentes, a maioria dos jovens de hoje mostra interesse significativo em relação aos estudos e questiona a qualidade de ensino, fator relevante para pais e educadores que demonstram a nova determinação da atual geração de estudantes. Ressalta-se que o bom desempenho de um aluno depende em primeiro lugar da motivação, mais do que da capacidade intelectual. 
            Segue algumas dicas que podem auxiliar pais e educadores a contribuir para tal sucesso. 
           
            No ambiente familiar: 

• Escolher um bom local de estudos, de preferência ventilado, claro, com luz natural, sem barulhos e distrações; 
• Elaborar um plano de estudos semanal, organizando os conteúdos que serão estudados; 
• Não deixar as lições de casa acumular; 
• Programar o horário de estudo para os momentos em que estiverem mais atentos e dispostos.
• Fazer pesquisas buscando diferentes referências, como revistas, jornais, filmes entre outros, para realizar a atividade que foi proposta. 
• Reconhecer as áreas que apresenta dificuldade, dedicando um tempo maior de estudo; 
• Dê o exemplo. Leia livros, jornais, ouça música, veja filmes e espetáculos de qualidade. 
• Mostrar para seu filho que ele é capaz de solucionar problemas, dando a ele a capacidade de buscar sua independência. 
• Não pressionar nos estudos, fiscalização intensa não funciona. Ensine a ter responsabilidade, pois seu filho não o terá pelo resto da vida. 

            No ambiente escolar: 

• Prestar atenção na aula, bem como participar e perguntar sem medo quando apresentar dúvidas; 
• Aproximar de um professor, pesquisador ou profissional que domina a área pela qual tem interesse de seguir carreira. 
• Fazer as avaliações com calma e atenção. 
• Não deixar questões em branco nas avaliações, buscando registrar, mesmo que seja mínimo, o seu conhecimento.
Fonte: Educador


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua deixando seu comentário.