terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Bacharel ou Tecnólogo?


Todo ano, os cursinhos e escolas se deparam com a mesma pergunta: Bacharel ou Tecnólogo. A dúvida surge em função dos cursos escolhidos. Por exemplo: para aqueles que já possuem a certeza do curso que querem fazer como medicina ou engenharia não há muita escapatória, o caminho a seguir é o bacharelado, mas para aqueles que preferem gestão ambiental existem duas opções disponíveis, bacharelado e tecnólogo.
É importante procurar saber o dia a dia de cada profissão conversando com os professores, profissionais da área e se informar sobre o mercado de trabalho.
Segundo a Diretoria de Regulação e Supervisão da Educação Superior do Ministério da Educação (MEC), as diferenças são grandes. Segue abaixo as vantagens e desvantagens:
            - Bacharelado: são os cursos que busca a formação de profissionais como médicos, engenheiros, cientistas sociais, físicos, estatísticos, jornalistas, biólogos. Conforme a profissão pode existir um conselho regional regulador. No caso do direito há a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Alguns cursos que podem ser bacharelado ou licenciatura. É o caso de física, biologia ou matemática, por exemplo. A diferença entre os dois é que o bacharel é formado para a atuação na pesquisa, na universidade ou no mercado. O licenciado tem habilitação para lecionar no ensino fundamental, médio ou no ensino técnico de nível médio. Algumas faculdades permitem até que o estudante saia com os dois títulos. Por isso, na hora de escolher o vestibular, vale ficar atento ao que a instituição oferece. 
-Tecnólogo: são os cursos que costumam ser mais curtos do que os bacharelados e oferecem uma formação voltada para a prática. Quem precisa tirar um diploma para, por exemplo, crescer na carreira, pode procurar um processo seletivo para tecnólogo. Mas vale ficar atento: conforme a região e o tipo de emprego podem ser mais valorizados o bacharel ou o tecnólogo. Os cursos de tecnologia oferecem formações nas seguintes áreas: ambiente, saúde e segurança; controle e processos industriais; gestão e negócios; hospitalidade e lazer; informação e comunicação; infra-estrutura; produção alimentícia; produção cultural e design; produção industrial; recursos naturais. 

Fonte: Globo G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua deixando seu comentário.