sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Educação brasileira teve avanços.

Um relatório da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) divulgado mostrou avanços na educação brasileira. Por outro lado, o estudo também revela a distância que separa o Brasil dos países desenvolvidos. O estudo tem indicadores educadores de 42 países e mostra o avanço do ensino entre as gerações.
No Brasil o percentual de pessoas com ensino superior mudou pouco ao longo dos anos. 9% de pessoas com idades entre 55 e 64 têm ensino superior, entre os mais jovens com 25 e 24 anos, 12% fizeram faculdade. O crescimento de três pontos percentuais é considerado muito baixo. Na Coreia do Sul esse crescimento foi de 50 pontos percentuais. Entre os 42 países pesquisados, o Brasil ficou em 33º lugar.
O estudo também compara quanto cada país investe por aluno. O Brasil está abaixo da média. Na educação básica, por exemplo, o custo de um aluno no Brasil é de cerca de R$ 3.600, por ano. O investimento médio dos países pesquisados, quase todos desenvolvidos, é de cerca de R$ 12.200.

Fonte: Globo.com

Um comentário:

  1. O incrível é que nosso país tem uma constituição que diz valer alguma coisa mas não existe governantes capazes de nem se quer ler o que ta escrito,virou uma bíblia para os políticos,vive fechada...temos o direito básico que é a educação;e o que se faz para isso acontecer...se a maioria dos jovens saem do segundo grau e precisam se humilhar muitas vezes para fazer uma faculdade particular pois o ensino que teve nas escolas públicas não foram o suficiente para passarem nos vestibulares ou Enem das faculdades no Brasil...muitos jovem desistem no meio do caminho por não ter condições financeiras...e onde está esse direito,se até mesmo nessa estatistica mostra claramente que o Brasil não se preocupa com a educação de seu povo,acho que isso é uma estratégica política pois só os sem estudos,os burros é que votam nesses atores do senado nacional e se der educação para o povo essa história aí pode mudar né...Brasil Brasil será que um dia vou ver meu filho numa faculdade? ...já que é para poucos!

    ResponderExcluir

Contribua deixando seu comentário.