sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Empresas usam redes sociais para investigar possíveis candidatos.

Cada vez mais as companhias usam redes sociais para encontrar bons profissionais. Várias empresas usam o LinkedIn para recrutamento em escopo internacional desde 2009 para todos os níveis, desde o mais técnico até a diretoria, afirmam diretores de empresas de Recursos Humanos no  Brasil. As empresas divulgam suas vagas no site para fazer e receber contato dos interessados, como atua também de forma proativa, tentando descobrir talentos. Fazem buscas em “empresas target” e por palavras-chave, de acordo com as qualificações necessárias para cada cargo. O LinkedIn já é a segunda maior fonte de contratação, perdendo apenas para as indicações feitas pelos próprios funcionários.           
Participar de grupos de discussão na internet é um bom caminho para entrar no radar dos recrutadores. Tomar a iniciativa e se candidatar às vagas oferecidas nas redes também funcionam.            
           As redes sociais são usadas também para checar dados dos candidatos a uma vaga de emprego. Para alguns gerentes de recrutamento, cada rede tem uma finalidade: o LinkedIn para conhecer melhor o perfil profissional dos executivos,    enquanto no Facebook, pede recomendações do candidato para seus conhecidos.  Já no Twitter, compreende melhor a opinião do profissional sobre determinados assuntos.



Um comentário:

  1. Não perco minha esperança, já trabalho na farmácia permanente a 10 anos...
    Quem sabe o educa mais brasil me da a bolsa de 40% p/ que eu estude Farmácia na Nassau! já sou cadastrada.

    ResponderExcluir

Contribua deixando seu comentário.